Saiba porque a Betim Química está diretamente relacionada com a Sustentabilidade desde a sua 1ª molécula desenvolvida

(Por Rafael Teodoro - Superintendente de Novos Negócios Betim Química)

   Falar em sustentabilidade na Betim Química é praticamente natural, é algo que se confunde e que está presente intimamente ligado no nosso DNA.

   A Betim Química desde o seu 1º produto, desde a sua 1ª molécula desenvolvida buscou verdadeiramente a sustentabilidade das suas operações e das operações dos nossos clientes.

   Lá em 1990, quando a Betim Química foi fundada, o nosso 1º produto batizado de Solcort BQ 90 tinha como principal molécula um produto sintético derivado de uma molécula de óleo de soja em conjunto com mamona e tinha como objetivo principal a substituição de um produto de altíssimo potencial poluidor derivado de petróleo, aditivado com cloro e aditivado com enxofre. Olha que Bacana!!! Acreditem ou não, era justamente uma alternativa aos produtos derivados de petróleo.

   No início da retomada da industrialização, em meados de 1990, nós já estávamos preocupados em ter um produto de origem vegetal para que os impactos ambientais fossem reduzidos.

   Então, é nesse cenário que a Betim Química nasce. Com objetivo claro de buscar a sustentabilidade das suas operações e conseqüentemente das operações dos nossos clientes. Nós evitamos dentro da nossa plataforma tecnológica a utilização de produtos com potencial de dano a fauna e flora aquática. Por isso, nós não temos nas nossas composições de produtos, derivados de solventes aromáticos por exemplo: benzeno, chileno e tolueno.

   Os anos foram se passando e em 1999, 2000, 2001 nós tivemos um crescimento muito forte e passou-se então a pensar no processo de expansão das nossas atividades e a construção da nossa unidade fabril. Sempre que sentávamos com os nossos engenheiros e arquitetos para construir a fábrica Betim Química, tínhamos como trilho de trabalho o cuidado com o meio ambiente e com os nossos colaboradores.

   Nós tivemos uma sorte muito grande ao escolher um terreno que nos permitisse ter uma entrada e uma saída de mercadorias em Avenidas/Ruas em níveis diferentes. A topografia do terreno nos favorece pois conseguimos receber as nossas matérias primas pela Avenida principal chamada Ápio Cardoso onde esse material é armazenado depois é utilizado ou seja, as misturas acontecem nesse mesmo nível. Depois de misturado e pronto, o produto é envazado no nível da rua Simão Antônio que é o nível mais baixo, isso faz com que não tenhamos que fazer a mudança ou o carregamento de produtos contra a lógica do terreno.

   Depois de misturado e pronto, o produto é envazado no nível da rua Simão Antônio que é o nível mais baixo. Isso faz com que não tenhamos que fazer a mudança ou o carregamento de produtos contra a lógica do terreno. Em outras palavras, fabricamos no nível mais alto, envazamos e armazenamos os nossos produtos acabados no nível mais baixo. O resultado é que não consumimos energia de forma desnecessária ao utilizar a força da gravidade.

   Grande parte da energia consumida dentro de uma indústria está ligada diretamente a:

  • 1- Aquecer produtos.
  • 2- Movimentar a massa; e
  • 3- Iluminar e refrigerar ambientes.

A partir dessas premissas, tudo na nossa fábrica foi desenvolvido com esse foco:

  • Disposição das nossas janelas.
  • Iluminação natural para reduzir a necessidade de iluminação artificial durante os nossos turnos de trabalho.
  • Cuidado com o processo de ventilação utilizando-se ventiladores eólicos.
  • Utilização de telhas do tipo sanduíche que reduzem drasticamente a temperatura dentro do ambiente industrial; e
  • Atenção muito especial com a água.

   O grande consumo de recurso natural dentro de uma indústria, principalmente da indústria química está relacionado com a água. Tivemos um enorme cuidado e instalamos sensores na nossa área externa que monitoram a umidade fazendo com que a irrigação aconteça somente nos dias que se faz necessário. O processo de irrigação da grama e das plantas do nosso jardim não é acionado enquanto o nível de umidade não for atingido - em dias chuvosos ou em dias em que acontece uma menor evaporação da água - o sistema de irrigação não é acionado de forma desnecessária.

   Nós tivemos esta preocupação também com a utilização da água pelo nosso capital humano, onde a energia utilizada para aquecimento da água utilizada nos vestiários dos nossos colaboradores se dá através de aquecimento solar.

   Implantamos no nosso processo fabril a reutilização da água oriunda da limpeza dos misturadores, trabalhando com água de reuso.

   São situações que podem parecer simples, mas que no final do processo quando que se faz o balanço energético fabril, ela se torna extremamente sustentável.

   A Betim Química foi objeto de uma matéria do Jornal da Rede Globo Bom dia Brasil em 2005, porque todo o nosso processo foi concebido para minimizar a utilização de energia:

  • Dimensionamento da energia da forma correta.
  • Disposição adequada dos nossos estoques; e
  • Atenção com a utilização e reutilização da água.

   Além disso, os nossos clientes também são beneficiados quando aplicamos em nossas formulações os conceitos de sustentabilidade. Grande parte dos nossos fluidos são oriundos de moléculas sintéticas obtidas de forma sustentável.

   Privilegiamos a utilização de produtos obtidos a partir de recursos naturais renováveis em detrimento da utilização de produtos de origem não renovável.

   São detalhes que certamente fazem da Betim Química uma empresa compromissada não só com a produtividade, mas também com a sustentabilidade das operações, sejam elas próprias, ou, dos nossos clientes.

Entre em contato e saiba como podemos ajudar a sua empresa!
Saiba como a Betim pode ajudar!


COMPARTILHAR ARTIGO NAS REDES SOCIAIS



Deixe um comentário

Saiba porque a Betim Química está diretamente relacionada com a Sustentabilidade desde a sua 1ª molécula desenvolvida

(Por Rafael Teodoro - Superintendente de Novos Negócios Betim Química)

Superintendente de Novos Negócios, exerce um papel importante no alcance de resultados e objetivos estratégicos da organização. A Betim Química é uma indústria de tecnologia química (fluidos industriais, tintas de codificação-impressão e codificadoras) que há 28 anos atende aos maiores grupos econômicos do país, especialmente nos setores automotivos, papel e celulose, metal mecânico, alimentos, dentre outros.



REDES SOCIAIS